Início

sábado, 27 de junho de 2015

Perícia apontou que rodas do carro de Cristiano Araújo não eram as originais


Uma nova perícia realizada no carro do cantor Cristiano Araújo, que morreu em um acidente com a namorada, apontou que as rodas não eram as originais. Os técnicos querem saber como e se isso pode ter influenciado no acidente que vitimou o cantor. 

A Polícia Civil fez uma nova  perícia no carro do cantor e descobriu que as rodas originais foram trocadas.

Técnicos da empresa responsável pela rodovia onde aconteceu o acidente fizeram uma perícia no local. As primeiras conclusões indicam que o carro do cantor saiu da pista, rodou 40 metros, até bater na canaleta e depois capotou por mais 55 metros, o que significa que foram 95 metros do ponto em que o motorista perdeu o controle do carro até que ele parasse totalmente.

 Os números podem contribuir para determinar a velocidade do carro na hora do capotamento. Resta saber se isso pode ter alterado o desempenho do carro e causado o acidente. A polícia espera ouvir o depoimento do motorista e do empresário de Cristiano, na próxima semana. Os dois estavam nos bancos da frente do carro e deixaram a UTI, mas continuam internados. 

DeFato

Comments System

Creative TV