Rebelados, presos tentam matar rivais em penitenciária no interior do RN

08:32:00 0 Comentarios

Detentos da Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, em Caicó, na região Seridó do Rio Grande do Norte, se rebelaram durante a noite deste desta segunda-feira (24). Cadeados foram quebrados, grades de celas arrancadas e colchões incendiados. Na manhã desta terça (25), segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), o controle da unidade foi retomado. Não houve mortes.

Ainda segundo a PM, aproximadamente 200 presos dos pavilhões A, B e C estão tentaram vingar a morte de um interno que fazia parte de uma facção criminosa. O preso, identificado como Fábio Júnior da Silva Patrício, 21 anos, foi assassinado a facadas durante a tarde. Depois disso, os ânimos se exaltaram. 
De acordo com o agente penitenciário Alex Alexandre, diretor da unidade, objetivo dos detentos rebelados foi invadir o Pavilhão E, onde estão cerca de 70 detentos que fazem parte de uma facção rival. “Durante toda a noite, os presos do Pavilhão E conseguiram evitar que o prédio fosse invadido. Alguns subiram no telhado; outros, queimaram colchões e montaram barricadas para impedir a passagem dos inimigos”, disse.
Segundo Durval Franco, coordenador da Administração Penitenciária, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) faz uma avaliação dos danos causados pelos presos.
Tumultos
Ao tomarem conhecimento da tentativa de invasão do Pavilhão E, no Pereirão, presos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, e na Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró, ficaram agitados e tentaram causar tumultos nas unidades, mas logo foram contidos.
Mortes
Presos que fazem parte das duas facções criminosas vêm se confrontando dentro das unidades prisionais do estado desde o dia 16 de agosto, quando quatro detentos foram mortos na Cadeia Pública de Caraúbas, na região Oeste do estado. Dois dias depois, um preso foi morto no Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, na Grande Natal. Na manhã desta segunda-feira (24), no próprio Pereirão, em Caicó, um interno também foi assassinado.
Na Cadeia Pública de Caraúbas foram mortos Antônio Edigleidson de Souza, o Ceará, de 27 anos; Genilson Bezerra de Oliveira, mais conhecido como Assuzinho ou Quinho, de 36 anos; Gledstone Clementino Araújo, chamado de Jacaré, de 36 anos; e João Paulo Silva Dias, o JP, de 38 anos.
No Presídio Rogério Coutinho Madruga o preso assassinado foi Emerson Santos da Luz, de 28 anos, mais conhecido como 'Índio'.

Já no Pereirão, foi morto o detento Fábio Júnior da Silva Patrício, 21 anos, natural da cidade de Serra Caiada.
Em ambos os casos, a Polícia Civil ainda trabalha para identificar os responsáveis pelos crimes.
G1 RN
Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga