Início

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Tribunal do Juri condena réu do famoso caso da "Morte do Carroceiro" em Santa Cruz


O Tribunal do Juri da Comarca de Santa Cruz se reuniu hoje e condenou o réu Carlos Pontes da Silva. Ele era acusado de matar José Maria da Silva conhecido como "Baiano" no ano de 2013.

O caso ficou conhecido em Santa Cruz como "A morte do Carroceiro", já que a vítima trabalhava como carroceiro na cidade. Segundo denúncia do Ministério Público, a morte foi por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima, mediante o desferimento de seis tiros de arma de fogo, causando lesões que levaram a óbito a vítima.

A condenação foi proferida pela juíza Dra. Gysele Draeger e o réu foi condenado a 22 anos de reclusão, inicialmente cumpridos em regime fechado. O Tribunbal do Juri volta a se reunir amanhã para mais um julgamento. Os juris estão acontecendo na Câmara Municipal dos Vereadores.
Édipo Natan

Comments System

Creative TV