Ads Top






No RN , PMs chegam a acordo com Governo e descartam paralisação


Após serem recebidos por representantes do Governo do RN, policiais militares, que realizaram uma manifestação, em frente à Governadoria, na manhã desta terça-feira (14), chegaram a um acordo com o Executivo Estadual.

A categoria ameaçava uma paralisação, caso o poder público não atendesse reivindicações relativas a pagamentos atrasados, promoções e melhores condições de trabalho.
De acordo com informações da Associação dos Cabos, Praças e Soldados (ACS/RN), o governo concordou em promover 702 policiais, que estavam com a progressão atrasada desde dezembro de 2016.

Além disso, o governo concordou em realizar o pagamento dos militares promovidos em agosto do mesmo ano, previsto para fevereiro; e com o pagamento retroativo dos promovidos em dezembro de 2015 e nos meses de abril e agosto do ano seguinte.
Ainda segundo a ACS, também foi aprovado o aumento das diárias operacionais para R$ 120 por oito horas de serviço, com pagamento adiantado.
Protesto
O protesto teve início por volta das 10 horas. As esposas dos militares, integrantes do Fórum de Mulheres de Praças do RN, realizaram um ‘panelaço’ na rampa do prédio no qual fica o gabinete do governador Robinson Faria (PSD). Além das panelas, os manifestantes se utilizam de cartazes e proferem palavras de ordem.
Por volta das 10h40, o titular da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Caio Bezerra, que estava dentro da Governadoria, desceu a rampa e convidou os policiais que lideram a manifestação para conversar no interior do prédio.
Tecnologia do Blogger.