Ads Top






Projeto desenvolvido no campus de Cuité é destaque em revista de pesquisa e inovação da UFCG



Um estudo desenvolvido, em boa parte, no Centro de Educação e Saúde (CES), campus de Cuité da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), está entre os destaques da revista de pesquisa e inovação 'Lynaldo' da Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão (Propex) da UFCG. A publicação tem um propósito de criar pontes entre a universidade e sociedade, através de divulgação da pesquisa e extensão, buscando a solução de problemas dos entes sociais.

A reportagem divulgada na edição de maio de 2017, a partir da página 8, divulga um trabalho que tem o objetivo de reduzir os impactos ambientais, através de pesquisas de monitoramento de aterros sanitários e que buscam diminuir na fonte (nas casas) a geração de resíduos.

O projeto que possibilita a inserção de mais de 35 alunos de pós-graduação e graduação é realizado por um grupo de pesquisa de Geotecnia Ambiental (GGA), criado no ano de 2006 pela professora da UFCG Veruschka Monteiro, do qual também faz parte, como coordenador, o professor Márcio Camargo de Melo, doutor em Ciências e Engenharia de Materiais e docente da disciplina Biofísica no campus de Cuité entre os anos 2011 e 2016.

O grupo busca viabilizar alternativas técnicas, científicas, econômicas e sociais através da análise da degradação dos resíduos sólidos urbanos. A integração do professor Márcio permitiu a ampliação do grupo, pois o mesmo já vinha desenvolvendo pesquisas com resíduos sólidos em aterros sanitários, inclusive utilizando o Laboratório de Biotecnologia do campus de Cuité, o qual ajudava a entender o processo biodegradativo dos resíduos.

(Ascom/CES – 22.05.2017)
Tecnologia do Blogger.