Ads Top






Na PB , Maranhão defende candidatura própria e diz que "não existe aliança perpétua”



Blog do Gordinho
O senador José Maranhão voltou a colocar em xeque o apoio a Luciano Cartaxo (PSD) para uma disputa ao Governo do Estado. Questionado, nesta segunda-feira (28), se aliança feita em 2016 havia sido firmada propondo uma manutenção até 2018, o presidente estadual do PMDB foi categórico.
“Não existe aliança perpétua, ninguém faz. Na verdade o PMDB já deu uma grande contribuição a Luciano Cartaxo quando resolveu apoiar sua candidatura e indicar o seu vice”, declarou.
O senador voltou a defender a candidatura própria do partido, se recolocou à disposição e citou o ex-governador Roberto Paulino e o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo como possíveis nomes para a disputa ao governo. “Não ter candidatura própria significa dividir o partido. Nós queremos ter uma candidatura própria para que todos estejam com o candidato do partido. É por isso que entendemos que precisamos ter”, afirmou.
Questionado se essa candidatura do PMDB seria necessariamente de oposição, o senador titubeou. “Oposição a governo está um pouco fora de moda. O que o povo vai buscar é aliança com pessoas honestas e competentes que saibam utilizar honestidade o dinheiro público”, disse.
Na entrevista, Maranhão revelou uma conversa por telefone com o governador Ricardo Coutinho (PSB), com quem não descarta uma aliança visando às eleições do próximo ano. “Não falamos sobre política”, confidenciou o senador que ainda teceu elogios à gestão do socialista.
Tecnologia do Blogger.