Ads Top






Levantamento do MEC aponta que RN tem a sexta pior Educação básica do Brasil


O novo levantamento do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) realizado e divulgado nesta semana pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão pertencente ao Ministério da Educação, apontou que o Rio Grande do Norte é, atualmente, o sexto pior estado no quesito ‘educação básica’ quando se trata dos anos iniciais do Ensino Fundamental (4 e 5º ano). De acordo com os dados, apenas 3% das escolares potiguares atingiram a média 6,0 no ranking, considerada ideal para qualificar como ‘boas’ as instituições.
Dos 27 estados da federação, apenas 10 deles não conseguiram atingir dois dígitos de qualificação. Além do Rio Grande do Norte, também estão inclusos neste patamar os estados de Tocantins (9%), Pernambuco (5%), Alagoas (4%), Paraíba (3%), Pará (2%), Maranhão (2%), Bahia (2%), Sergipe (1%) e Amapá. Este último, inclusive, foi o único estado a não ter registrado nenhuma escola sequer como ideal para o ensino relativos aos anos iniciais do Ensino Fundamental. Apesar dos números baixos em diversos estados, a intenção do Governo Federal é de que até 2021 a média do país esteja atingindo o numeral 6.
Muito embora os números do Rio Grande do Norte estejam distantes dos ideais, ressalta-se que cada escola tem sua própria meta, baseada nos primeiros índices divulgados pelo Ideb em 2005. Devido a isso, as escolas possuem metas anuais mais baixas do que a média geral, mas trabalham a cada ano para, em 2021, atenderem ao pleito do Governo Federal e estarem com o índice 6 alcançado, elevando a média nacional para os números planejados.
Veja a porcentagem, por estado, de escolas dos anos iniciais do fundamental que já atingiram o patamar mínimo de qualidade:
São Paulo – 65%
Santa Catarina – 57%
Minas Gerais – 54%
Paraná – 53%
Ceará – 33%
Rio Grande do Sul – 31%
Goiás – 30%
Distrito Federal – 27%
Espírito Santo – 24%
Mato Grosso – 20%
Rondônia – 19%
Acre – 19%
Mato Grosso do Sul – 17%
Rio de Janeiro – 16%
Amazonas – 15%
Roraima – 11%
Piauí – 11%
Tocantis – 9%
Pernambuco – 5%
Alagoas – 4%
Paraíba – 3%
Rio Grande do Norte – 3%
Pará – 2%
Bahia – 2%
Maranhão – 2%
Sergipe – 1%
Amapá – 0%
Tecnologia do Blogger.