Crime brutal: Jovem carregava o pai cadeirante ao ser morta pelo irmão

08:43:00


“Você tem que pôr na sua cabeça que o seu casamento acabou”. Essa foi a última frase dita por Vitoria Caroline Ferreira Miranda Costa, de 22 anos, ao irmão, o açougueiro Pedro Miranda, de 19, que a apunhalou pelas costas com um facão, em Mongaguá, no litoral de São Paulo. A jovem morreu, e a polícia pediu a prisão do suspeito.
O crime ocorreu na casa da família, na Avenida Atlântica, na quinta-feira (4). Segundo o delegado titular da cidade, Ruy de Mattos, Pedro matou Vitoria na frente do pai dos dois, um aposentado cadeirante de 66 anos.
“A menina era cuidadora dele. Ela estava justamente o colocando na cama para dormir, carregando ele, quando recebeu a primeira facada nas costas. Foi algo com muita brutalidade”, afirmou o delegado

Veja também

0 comentários