Ads Top






Durante entrevista Tomba afirma que respeita Justiça, mas entende que não cometeu crime


O deputado estadual Tomba Farias afirmou que respeita a decisão judicial, mas entende que não cometeu nenhum crime no processo que culminou com sua inelegibilidade em decisão tomada pela Justiça Eleitoral de Santa Cruz.
Concedendo entrevista exclusiva à Rádio Santa Cruz AM na noite desta quinta-feira, no programa Conexão Trairi, o deputado afirmou que a viagem dos idosos não teve nenhuma intenção política, mas somente de dar um momento de lazer aqueles que participam do programa social. "Os idosos sempre viajam no encerramento da Semana do Idoso do município, anualmente. Já foram a Natal, Nízia Floresta e a casa que era de meu pai, de herdeiros, recebeu eles por um dia em um momento de lazer, sem a minha presença, sem a presença da prefeita e de nenhum outro político. Em sua maioria, os idosos nem idade de votar tinham, foi um momento apenas para encerrar uma programação social, que é realizado corriqueiramente pelo município", ressaltou Tomba.
O legislador ainda afirmou que respeita a decisão judicial, mas que já está recorrendo a instância superior. "Respeitamos a decisão da Justiça em primeiro grau, mas entendemos que não tivemos nenhum objetivo político, não foi um encontro político. A prefeita e eu não visitamos casas durante a campanha, pois queríamos que a população votasse nela pelo trabalho que fez, não em troca de favores e foi assim que ela foi reeleita prefeita com mais de 6 mil votos de maioria contra a concorrente", destacou Tomba Farias.
O recurso para tentar reverter a decisão em primeira instância será apresentado dentro do prazo de lei ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Édipo Natan com André Fotos
Tecnologia do Blogger.