Japi e São Bento do Trairi recebem novo Vigário Paroquial

23:00:00



Uma Missa Solene de apresentação do novo Vigário Paroquial, Padre João Maria Dias, foi celebrada pelo Vigário Geral da Arquidiocese de Natal, Padre Paulo Henrique, e marcou o início de um processo de criação da Área Pastoral de São Sebastião, com sede em Japi e envolvendo o município de São Bento do Trairi. A Igreja dedicada ao mártir, em Japi, recebeu as duas comunidades para essa nova etapa.

O Padre Vicente Fernandes, pároco de Santa Cruz, que junto aos municípios de Japi e São Bento formavam a Paróquia de Santa Rita, lembrou que parte da administração e finanças que envolvem essa área serão geridas na principal cidade da região, mas que gradativamente o Padre João Maria irá assumir todas as demandas locais, assim como deve ocorrer no processo.

O pároco de Santa Rita ainda lembrou da história da comunidade católica de Japi, que pertencia à Paróquia de São José do Campestre, mas dentro da reorganização do IX Zonal, passou a pertencer à Paróquia de Santa Rita. Lembrou das construções e das ações de padres que passaram pela região e da nova etapa que Japi e São Bento vivenciarão a partir desta área pastoral.

O vigário geral da Arquidiocese, Padre Paulo, lembrou do envolvimento da comunidade, em contribuir e fazer crescer a Santa Igreja. "Nós somos fundamentais nesse processo de criação. Precisamos nos unir", disse. Inclusive, coube a ele e ao Padre Vicente sugerir a criação de um acesso entre os dois municípios, para facilitar o translado do Padre João Maria entre as comunidades.

Os prefeitos de Japi, Jodoval Pontes, e de São Bento do Trairi, Aracleide Araújo (Kêka), estiveram presentes neste momento histórico e garantiram apoio na implantação dessa área pastoral. Todos falaram em união para crescimento das duas comunidades.

Ao final dos discursos de agradecimento, a população saudou o novo vigário paroquial e com muitas fotos e votos de sucesso no trabalho pastoral, um jantar foi servido para todos que participaram da Missa Solene, marcando a história dessa duas cidades.

Édipo Natan

Veja também

0 comentários