Comerciante Ezequielense é morto dentro do próprio estabelecimento no RJ






Com pelo menos sete tiros a queima roupa, segundo a polícia, foi executado na manhã desta terça-feira, dia 7, o comerciante Eugênio Belarmino da Silva, de 43 anos, o “Cabecinha” , natural da cidade de Coronel Ezequiel no Rio Grande do Norte. A vitima era casado com a Jaçanaense Adriana Soares.



Ele era proprietário do Bar do Cabecinha, localizado no bairro Eucaliptal em Volta Redonda no estado do Rio de Janeiro . O crime, em plena à luz do dia, chamou a atenção de moradores das proximidades.


As informações iniciais davam conta de que o homicídio tinha sido cometido por um homem que usava uma toca branca tipo ninja. Ele teria chegado ao estabelecimento por volta das 10h15min, pedido um cigarro e quando o comerciante se virou para pegar, foi executado.


Aas autoridades disseram também, que um segundo suspeito aguardava o criminoso em uma rua próxima ao bar. Ele estaria em uma caminhonete Ranger branca, de placa não anotada. Depois da execução, o assassino fugiu no carro que o aguardava. A informação é ainda de que a mulher do comerciante estava na cozinha e só ouviu o barulho dos tiros. Quando ela se aproximou do balcão, Eugênio já estava morto. A polícia local vai solicitar as imagens das câmeras do local para tentar identificar e prender o assassino.


Com informações do site avozdacidade

Tecnologia do Blogger.