Homem simula suicídio da ex-mulher, mas confessa o assassinato em Mossoró


A Polícia Civil prendeu na tarde desta terça-feira (20) Fredson Dazio de Freitas Silva, de 25 anos, suspeito de assassinar a ex-companheira. Segundo a investigação, ele colocou a faca na mão de Paula Cristina Souza Dantas, de 30 anos, na tentativa de simular um suicídio. Na delegacia, o homem acabou confessando o crime. Vítima estava grávida de quatro meses.
O corpo da mulher foi encontrado dentro da residência onde ela morava, na Rua Pedro Rodrigues da Silva, no bairro Belo Horizonte. A suspeita inicial era a de que ela poderia ter se suicidado, mas as investigações apontaram que ela foi assassinada.
Segundo a polícia, ela foi morta com vários golpes de arma branca. O Itep confirmou que a vítima apresentava várias lesões de defesa nas mãos e nos braços, o que levou a concluírem que ela não teria provocado a própria morte. Além disso, as investigações apontaram que a cena do crime foi alterada.
Em depoimento ao delegado Rafael Arraes da Delegacia de Homicídios de Mossoró, o homem disse que foi até a casa da ex-mulher e acabou cometendo o feminicídio após uma discussão.
De acordo com o delegado, o homem ainda afirmou que foi no velório da vítima, cumprimentou os familiares e levou a filha para casa. “Ele fez tudo isso para enganar ou tentar enganar a todos com história de suicídio”, disse.
Após o depoimento, o homem foi levado para a Cadeia Pública de Mossoró, onde responderá por homicídio qualificado e por ter alterado o local do crime simulando o suicídio.
Leia mais: Mulher encontrada morta em suposto suicídio foi assassinada a golpes de faca
*Via Mossoró Notícias / Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.