Turista fica pendurado em asa-delta apenas pelas mãos




Chris Gursky, um turista norte-americano de férias na Suíça, teve um susto ao voar de asa-delta pelas montanhas dos Alpes logo no primeiro dia de viagem. O mosquetão usado para prendê-lo ao aparelho falhou, e o homem precisou se pendurar no instrutor e na barra da asa-delta para não cair.

A câmera usada para filmar o passeio registrou os momentos de tensão, e o próprio Gursky divulgou as imagens. Veja o vídeo.

Assim que percebeu o problema, o instrutor tentou forçar um pouso em uma clareira na montanha. Não deu certo, e a asa-delta ganhou ainda mais altitude. Em vez de voarem rente à inclinação da montanha, eles se distanciaram até sobrevoarem uma pequena cidade, a centenas de metros do solo.

Quando o instrutor finalmente conseguiu pousar em um pasto, Gursky saltou pouco antes. Por causa do impacto, ele fraturou o pulso, e precisou passar por cirurgia para colocar placa de titânio. O turista recebeu alta no dia seguinte.

Apesar da falha, o perdão

Apesar do erro crasso do instrutor, Gursky reconheceu no vídeo o esforço em evitar uma tragédia. "Ele fez tudo o que podia para descer ao solo o mais rápido possível, enquanto segurou em meu equipamento e pilotou com apenas uma mão", contou.

O susto não vai impedir o norte-americano de repetir o passeio.

"Eu vou voar de asa-delta mais uma vez porque não consegui aproveitar o meu primeiro voo", brincou Gursky.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.