Capitão Styvenson não está mais filiado à Rede Sustentabilidade


O Capitão Styvenson Valentim, que toma posse como senador do Rio Grande na próxima sexta-feira (1º) em Brasília não está mais filiado à Rede Sustentabilidade, partido que teve como candidata à Presidência da República a ex-senadora Marina Silva, em 2018. A informação foi confirmada pelo partido e já consta no sistema do Tribunal Superior Eleitoral que ele se encontra no momento sem filiação partidária.

De acordo com Freitas Júnior, integrante da Rede Nacional no Rio Grande do Norte, e que foi candidato ao Governo do Estado no ano passado, a desfiliação acontece de forma natural porque se tratava de uma filiação temporária para que Styvenson tivesse um partido para se candidatar a um cargo eletivo. Para continuar, ele precisaria seguir as orientações da bancada da Rede no Congresso.
“Não haveria como ele continuar filiado sem se enquadrar no que pensa o partido. Agora, para continuar, ele terá que fazer um pedido de filiação e se comprometer a seguir a orientação da bancada. A gente tinha acordo eleitoral e via como importante a candidatura dele. Ele assumiu o compromisso de que estaria ideologicamente em consonância com o posicionamento do partido em votações, por exemplo, mas se isso não acontece, não tem como permanecer” , explica.

Nesta tarde, Styvenson está em viagem à Brasília em preparação para a posse. Sua assessoria de imprensa informou que ele ainda não tinha confirmado a desfiliação partidária ou a escolha por outro partido. Em visita ao presidente em exercício, general Hamilton Mourão na semana passada em Brasília, o senador eleito também cumpriu uma agenda de reuniões a convite do PRTB, PTC, PROS e Podemos, conversando com políticos e analisando as propostas de outras legendas.


Por Cláudio Oliveira

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.