Casa do Idoso recebe homenagem da Câmara de vereadores de Cuité ,PB



Na última sexta-feira (25) a Casa do Idoso “Vó Filomena”, do município de Cuité, completou 20 anos de fundação. Tudo começou no dia 25 de janeiro de 1999, quando o então prefeito Osvaldo Venâncio Filho (Bado), atendendo a um pedido do Padre Severino Firmino, na época pároco em Cuité, abriu as portas do espaço que, a partir daquela data, atenderia a uma grande demanda de idosos que necessitavam de atenção especial. A avó do Prefeito da época, conhecida como dona Filomena, foi quem deu nome à Casa do Idoso.

Dona Louça, como carinhosamente era tratada pelos cuiteenses, foi a primeira diretora da Casa do Idoso, e lá permaneceu por muitos anos até haver a necessidade do seu afastamento. Muitas outras pessoas já passaram pelo espaço e, com certeza, deixaram sua marca e uma participação muito importante na construção dessa história.



Gestões posteriores deram continuidade ao trabalho, sempre colocando funcionários à disposição da Casa do Idoso, e dando todo suporte necessário para que o serviço não parasse. Desde 2017, segundo a direção, a Gestão Municipal cumpre com a conta de energia e um funcionário. Todas as demais despesas com alimentação, medicação, higiene, entre outras, são honradas com a aposentadoria dos idosos.

A Casa do Idoso “Vó Filomena” foi agraciada com 4 edições do Projeto Acolher, do Governo do Estado da Paraíba, que dá apoio a instituições de longa permanência, através do qual foi possível a construção de 3 banheiros, aquisição de cadeiras de roda e banho, aquisição de equipamentos para a sala de fisioterapia e contratação de profissional fisioterapeuta, construção do acesso à Casa e aquisição de mobílias para os quartos. Antes, através do Projeto do BMG, já havia sido construída a praça e a sala da fisioterapia.

Além do apoio da Prefeitura Municipal, a Casa do Idoso é assistida pela equipe da Unidade de Saúde “Diomedes Lucas de Carvalho”, também conta com parceria do campus da UFCG de Cuité, que desenvolve projetos no espaço, além da contribuição da comunidade e outras instituições que, de forma espontânea, chegam com doações e colaboram para que os idosos sejam bem tratados e tenham qualidade de vida.



Na ocasião da Sessão Especial da Câmara Municipal de Cuité, realizada na sexta-feira (25), em comemoração pelos 82 anos de emancipação política do município, e coincidindo com a data de fundação da Casa do Idoso, a atual diretora do espaço Halina Helinskia e a enfermeira Nevinha Fonseca, foram convidadas a receber Moção de Aplausos, em reconhecimento pelo relevante serviço prestado pela associação.

A Casa do Idoso “Vó Filomena” está sempre aberta para visitação, e com certeza sempre haverá alguém por lá esperando um pouco da nossa atenção e carinho.


Segundo Halina, quem visita a Casa do Idoso sente paz interior. Ainda de acordo com a diretora da Casa, apesar das muitas dificuldades, principalmente nos últimos 2 anos, nunca faltou absolutamente nada para os idosos. “Deus está naquele lugar”, completa Halina Helinskia.


Rafael do Valle
Fotos: Wandson Lima


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.