Em Picuí , Pai é preso acusado de agredir e estuprar suas próprias filhas de 13 e 14 anos




Foi preso no final da manhã desta última terça-feira (16) na cidade de Picuí, Seridó paraibano, o popular conhecido por "Galego" (Foto), morador do Bairro Cenecista. De acordo com informações extra-oficiais que foram repassadas a nossa reportagem pela Polícia Civil, o acusado foi preso em flagrante delito, inicialmente, por agressão física contra sua própria filha de 14 anos, a adolescente B.K.G.S, confirmada através de exame de Corpo de Delito, logo após uma guarnição do 9º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba, tê-lo conduzido à Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Picuí.

Ainda de acordo com as informações, tanto a vítima acima mencionada, quanto sua outra irmã, a adolescente V.N.G.S., de 13 anos, revelaram ao comandante da guarnição que eram abusadas sexualmente pelo próprio pai, e que, inclusive, chegaram a manter relações sexuais com o mesmo contra suas vontades.


De acordo com o depoimento das adolescentes, o pai lhes dizia que era "normal" isso ocorrer, e as ameaçava de bater ou proibir de saírem de casa, caso revelassem o crime para alguém, e acabava as convencendo a permitir o ato.

Segundo a adolescente B.K., os abusos iniciaram ainda quando a mesma tinha 7 anos de idade, e eram apenas carícias no órgão genital e nos seios, mas após completar 10 anos, foi consumada a relação sexual, sendo a última ocorrida no dia 07 do corrente mês.


Já com a adolescente de V.N., os abusos também iniciaram com carícias, há cerca de dois anos, pois a mesma não residia na mesma casa que seu pai, e desde janeiro do corrente ano, seu pai passou a manter relação sexual com ela, tendo a última ocorrido no último dia 04 do corrente mês.

Por incrível que pareça, as adolescentes não sabiam que ambas eram vítimas, mas revelaram que, em algumas situações, os abusos ocorriam quando todos estavam dentro de casa. A adolescente V.N. revelou ainda que sua mãe havia flagrado seu pai com o pênis ereto e de cueca lhe fazendo carícias na madrugada do mesmo dia, o quê ensejou sua prisão por "estupro de vulnerável", bem como pelas agressões contra sua irmã B.K., que foi vitimada quando tentava defender sua mãe de uma possível agressão de seu pai, pois estavam discutindo sobre o ocorrido com V.N.

As vítimas foram assistidas pelo Conselho Tutelar do município ‒ que agiu de maneira a evitar que novos abusos pudessem ocorrer. As vítimas foram logo encaminhadas ao serviço de atendimento a emergências de violência sexual na cidade de Campina Grande, bem como para realização de exame para constatação das relações sexuais no Núcleo de Medicina Legal do Instituto de Polícia Científica. 

"Galego" foi preso em flagrante delito e logo encaminhado à Cadeia Pública de Picuí, onde encontra-se à disposição da justiça. Ele já respondeu por crime semelhante praticado anteriormente, tendo sido preso e encontrava-se em progressão de pena. A Polícia Civil está verificando a responsabilidade da mãe das adolescentes referentes aos fatos narrados pelas mesmas.

Portal Picuí Hoje com 13ª DSPC de Picuí/PB.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.