Mulher e amante tramaram morte de funcionário da CAERN para ficar com seus bens, diz Polícia


A Polícia Civil do Rio Grande do Norte revela que desvendou o assassinato de Marcos Antonio Braga Ponte, 60 anos, que era funcionário da Companhia de Águas e Esgotos do Estado (Caern), em setembro passado. Segundo investigações da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a companheira dele, Brena Katuana da Silva, 32 anos, planejou o crime junto com seu amante Ivan Vicente Ferreira Junior, 32 anos, conhecido por “Junior Cabeça”, 32 anos, para ficar com os bens da vítima. Pessoas próximas a Júnior também ajudaram.

A elucidação do crime é resultado da Operação Aleivosia que conseguiu prender, nesta quinta-feira (11), Júnior Cabeça e Tomás Jorge da Silva Emiliano. Aleivosia é sinônimo de traição e deslealdade. Além dos mandados de prisão dos dois, cumpridos em Natal e Parnamirim, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão nas casas dos suspeitos, entre estes, na casa de Bruna, onde encontraram papelotes de cocaína e balança de precisão.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.