“Apoio de governos estadual e municipal para o 10º FUI de Cuité será essencial”, destaca diretor do CES




O diretor do Centro de Educação e Saúde (CES) da UFCG, campus Cuité, José Justino Filho, comentou na manhã desta sexta-feira, dia 26, sobre o esforço que a universidade está fazendo para a realização da 10º edição do Festival Universitário de Inverno (FUI), firmando parcerias com a Prefeitura de Cuité e o Governo do Estado da Paraíba. O evento acontecerá de 26 de agosto a 1º de setembro e contará com atividades em diversos lugares da cidade, como praças, Teatro Municipal, Museu do Homem do Curimataú, CES/UFCG, entre outros.
Justino participou, há poucos dias, de um importante encontro na Secretaria de Cultura da Paraíba (Secult-PB) com algumas autoridades, a exemplo do Secretário de Estado da Cultura Damião Ramos Cavalcanti e do Secretário Executivo Milton Dornellas, na intenção de conseguir apoio, especialmente, para a programação cultural. O diretor do CES reafirma que a iniciativa está sendo tomada, tendo em vista que a universidade não possui recursos para fazer o festival, integralmente.
“Sabemos que a instituição (UFCG), hoje, passa por uma situação financeira muito grave. Nós não temos os recursos necessários. Nessa 

situação de crise é um desafio imenso para que possamos ter um festival à altura dos que já aconteceram no passado”, disse. Por isso, essa parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura de Cuité é essencial para realizá-lo.

O encontro também contou as presenças do Secretário de Juventude, Esporte e Lazer de Cuité, Hélio Plácido, do diretor de Cultura do município Augusto Costa e da suplente de deputada Rafaela Camarense. Durante a reunião na Secult-PB, foi solicitado o apoio do Governo da Paraíba no sentido de trazer algumas atrações artístico-culturais, além da infraestrutura para as apresentações, a exemplo de som, iluminação e palco.

José Justino Filho acredita que a parceria com os governos estadual e municipal, além do apoio da sociedade e comércio local, consolidará o FUI como um evento dos mais importantes do calendário cultural da Paraíba.
“O Festival Universitário de Inverno é muito amplo e o Curimataú só tem a ganhar. Nessa região, tão desprezada ao longo do tempo, a realização deste evento é uma forma de revigorar e de recolocá-la no mapa, não só do estado, mas também no mapa nacional, em termos de uma localidade que desenvolve a ciência, a pesquisa, o ensino e a cultura”, declarou.
O gestor ainda informou que, mesmo sem ter recursos, a preparação para o 10º FUI segue em sua normalidade no que se refere, principalmente, à programação científica. “Nós temos a disposição, a vontade e a força da nossa comunidade universitária que inclui professores, alunos e funcionários no sentido de não deixar passar essa data comemorativa, que já é uma tradição do nosso município e que tem atraído visitantes de diversos locais da Paraíba e estados circunvizinhos, além de pesquisadores de todos os lugares do nosso país”, destacou.
Ascom CES/UFCG

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.