Chuva causa mortes, deslizamento de barreiras e alagamentos no Grande Recife




Oito pessoas morreram em razão das chuvas que atingem a Região Metropolitana do Recife (RMR) desde a madrugada desta quarta-feira (24), segundo o Corpo de Bombeiros. O temporal também derrubou barreiras e árvores e causa diversos pontos de alagamento, que dificultam a circulação dos ônibus. Em algumas cidades da RMR, aulas da rede municipal foram canceladas. (Veja vídeo acima)

TEMPO REAL: acompanhe os alagamentos no Grande Recife
Duas mortes registradas pelos Bombeiros ocorreram na Estrada do Passarinho, no trecho do Recife, e uma no bairro de Dois Unidos, também na capital pernambucana. Outras duas mortes foram confirmadas em Águas Compridas, em Olinda. Houve, ainda, três mortes registradas em Caetés, em Abreu e Lima.

Na Estrada do Passarinho, as vítimas de um deslizamento de barreira são um homem de 69 anos e uma mulher de 63. Uma das vítimas de outro deslizamento em Abreu e Lima, segundo os Bombeiros, é uma jovem de 19 anos. A mãe dela, de 39 anos, foi retirada dos escombros e levada ao Hospital Miguel Arraes, em Paulista.

Ainda em Abreu e Lima, o Corpo de Bombeiros registrou a morte de um adolescente de 15 anos e de um homem de 50 anos. Equipes fazem buscas para localizar um homem, de idade não informada, e uma gestante de 21 anos. As idades das outras vítimas fatais não foram divulgadas.


Em Dois Unidos, no Recife, cinco vítimas foram soterradas após um deslizamento de barreira. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), as vítimas foram retiradas do local com escoriações.

G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.