Cuité na mira da PF em investigação sobre assentamentos



Blog do Flavio - A cidade de Cuité, Curimataú paraibano, estaria na mira da Polícia Federal e seria uma das cidades alvos de mandados de busca e apreensão dentro da operação “Amigos do Rei”, deflagrada nesta quarta-feira (13), que investiga desvio de recursos públicos diante de concessões irregulares de terras nos projetos de assentamento do INCRA na Paraíba.

Os mandados estariam sendo cumpridos na sede do INCRA, em João Pessoa, e nas cidades de Cuité e Araruna. Dois servidores do órgão tiveram o afastamento do cargo decretado pela Justiça Federal, sendo um deles o ex-superintendente substituto do órgão. A justiça federal decretou, ainda, o bloqueio de mais de R$ 148 mil das contas dos investigados.

De acordo com a PF e a CGU, um servidor, que ocupava o cargo de chefe-substituto da Divisão de Desenvolvimento da Superintendência Regional do INCRA na Paraíba, com ciência do ex-superintendente substituto, estaria beneficiando familiares e pessoas próximas de seu círculo pessoal, no sentido de conceder lotes de terra, em assentamentos, para pessoas que não preenchem os requisitos legais.

Além dos lotes, milhões de reais foram concedidos para financiar o desenvolvimento das parcelas de terra. Estima-se um prejuízo superior a R$ 9 milhões apenas no período de janeiro de 2018 a maio de 2019.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.