recent posts

Ministério da Agricultura identifica fungos, ácaros e bactérias em sementes "misteriosas"


 

O Ministério da Agricultura divulgou nesta terça-feira que identificou fungos, ácaros e bactérias nas análises prévias que realizou nas sementes ‘misteriosas’ que têm chegado pelos Correios, mesmo sem um pedido prévio pelo destinatário. Segundo a pasta, o risco para a agricultura e para a saúde ainda é desconhecido e os estudos estão em andamento.

O ministério já identificou 258 pacotes das sementes de 24 estados e do Distrito Federal. Somente o Amazonas e o Maranhão ainda não relatam casos. Desses pacotes, 39 amostras estão em análise. Uma delas deu presença de ácaro vivo, três espécies de fungos diferentes apareceram em outras 25 amostras e o ministério identificou bactérias em outras duas amostras.

Além disso, 17 amostras foram sequenciadas geneticamente, sendo que quatro delas têm a possibilidade de ser de “plantas quarentenadas”, espécies não naturais do país que podem ser prejudiciais para o meio ambiente e a agricultura.

De acordo com secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Leal, para saber qual o nível de alerta, é necessário primeiro finalizar as análises. A pasta pede para que quem receba essas sementes, avise o ministério para que a entrega do material seja feita de forma segura.

— Vamos precisar concluir os resultados das análises para que a gente tenha uma ideia mais concreta desse risco. A gente prefere ser rigoroso agora, pedir a colaboração da população e concluir os resultados das análises. É uma medida preventiva mais adequada e depois vamos verificar se medidas adicionais serão necessárias.

A investigação está sendo conduzida pelo próprio ministério e, segundo Leal, não há como saber se é uma ação intencional para prejudicar a agropecuária brasileira. A principal suspeita até agora é do brushing, uma técnica de fraude em comércio eletrônico.

— Não temos elementos para afirmar que é uma ação intencional para introduzir algum organismos patogênico, algum organismo que seja prejudicial a agricultura brasileira, mas o risco existe. Tanto é que os resultados preliminares nos apontam que a gente vai precisar aprofundar a investigação e chegar até a identificação das espécies.

Entrega do material

Entre as orientações do Ministério da Agricultura para quem receber essas sementes, a principal é que o pacote não seja aberto e que a pessoa não tenha contato físico com o material. Como é um elemento ainda desconhecido, pode ser que apresente algum perigo para a saúde humana.

— Como é um material sem controle que a gente não sabe como foi originado, ele pode ter sido tratado com algum produto químico ou podem ser uma semente que tem alguma toxicidade seja para o homem ou para os animais. As pessoas não devem manusear, não devem entrar em contato, disse o secretário de Defesa Agropecuária.

Além disso, a pasta também orienta que o destinatário avise ao ministério logo que receber as sementes, para que a entrega seja feita de modo seguro. No caso de ter recebido as sementes e as plantado, a orientação é que não transite com essa planta e avise o órgão agropecuário estadual ou ao ministério. O secretário de Defesa Agropecuária ressaltou, mais de uma vez, que não haverá qualquer tipo de penalização para quem receber essas sementes.

Para auxiliar na investigação da origem do material, o ministério tamém pede que para a embalagem original não seja descartada e sim entregue para a autoridade.

Fonte: O Globo

Ministério da Agricultura identifica fungos, ácaros e bactérias em sementes "misteriosas" Ministério da Agricultura identifica fungos, ácaros e bactérias em sementes "misteriosas" Reviewed by Eduarda Paiva on 14:42:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.