recent posts

Moradores de prédio ajudam vendedor de sopa que havia sido mandado “calar a boca”


Na última quarta-feira (16), o vendedor de sopa Izael Menezes seguia sua rotina de vendas na região do Acupe de Brotas, em Salvador. Carregando sua caixa de isopor com quentinhas de 500 ml de sopa, ele anunciava aos gritos sua presença. 

"Eu estava vendendo minha sopa como de costume. Eu grito para que as pessoas saibam que eu estou ali", contou Izael ao Correio. 

No entanto, o aviso de sua presença incomodou um morador. Enquanto aguardava os clientes, Izael ouviu a ameaça para que se calasse e saísse dali, ou sofreria consequências. Após ser ameaçado, o vendedor chegou a ser visto chorando enquanto fazia o caminho de volta para casa.

Laís Brito, moradora do condomínio, decidiu criar um grupo de Whatsapp com outros moradores para ajudar Izael. Por incentivo de outros condôminos no grupo, Izael voltou ao Acupe de Brotas nesta quinta (17), mas desta vez, ele não precisou gritar na frente do condomínio para avisar de sua presença. Um grupo de moradores já o esperava em uma fila e com gritos e aplausos contagiaram outros condôminos nas varandas. Foram eles que avisaram da presença de Izael: "Olha a sopa! olha a sopa", gritaram os moradores do local.

"Foi emocionante ver o povo gritando 'olha a sopa' e todos lá me esperando. Nunca imaginei que isso pudesse acontecer. Foi bonito", contou Izael, que em menos de meia hora, vendeu todo o estoque.



Fonte: Correio24horas
Moradores de prédio ajudam vendedor de sopa que havia sido mandado “calar a boca” Moradores de prédio ajudam vendedor de sopa que havia sido mandado “calar a boca”  Reviewed by Islany Martins on 11:38:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.