recent posts

“A vítima foi muito machucada”, diz chefe do Numol que fez autópsia em mulher assassinada pelo próprio filho em CG



Foi um crime bárbaro e com requintes de crueldade. Os 40 golpes de faca desferidos pelo adolescente de 15 anos contra a própria mãe, identificada como Viviane Rodrigues de Souza, de 31 anos, na tarde dessa segunda-feira (23), no bairro de Bodocongó, em Campina Grande, foram tão raivosos que chegaram a arranhar os ossos do crânio da vítima.

Após a autopsia realizada em Viviane no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal de Campina Grande (Numol/CG), o médico Márcio Leandro afirmou que foram contabilizados aproximadamente 40 golpes de faca na vítima, 15 destes na região da face e da cabeça.

A causa da morte, de acordo com o legista, foi choque hipovolêmico, ou seja, perda de sangue após intensa hemorragia, assim como uma lesão cardíaca, uma vez que um dos golpes de faca atingiu o seu coração.

— Ela foi bastante machucada na região da face e da cabeça. Dois desses golpes chegaram a arranhar o crânio da vítima, o que indica que foram desferidos com muita força — afirmou.

Ainda de acordo com Márcio, a perícia demorou mais do que o normal haja vista o grande número de lesões apresentadas pelo cadáver. Em depoimento na Central de Polícia de Campina Grande, o acusado confessou o crime, e, de posse de muita frieza, afirmou categoricamente, de acordo com policiais, que “não se arrependia do ato” e que “faria tudo novamente”.

Fonte: Blog MR
“A vítima foi muito machucada”, diz chefe do Numol que fez autópsia em mulher assassinada pelo próprio filho em CG “A vítima foi muito machucada”, diz chefe do Numol que fez autópsia em mulher assassinada pelo próprio filho em CG Reviewed by Islany Martins on 08:10:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.